Conleste cadastra fazendas em Cachoeiras de Macacu

Cinco propriedades rurais foram cadastradas pelo projeto Produtor Sustentável desenvolvido pelo Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento do Leste Fluminense (Conleste), nesta sexta-feira (20/08), no município de Cachoeiras de Macacu. A proposta é um programa piloto para levar para todos os municípios do Conleste.

O projeto tem como objetivo levar a agricultura de precisão aos agricultores familiares da região e como meta, registrar e mapear as propriedades. Além de disponibilizar rastreabilidade a produção, construir um banco de dados compartilhado e avaliar a implantação de práticas sustentáveis aos produtores.

A proposta é um programa piloto para levar para todos os municípios do Conleste. A iniciativa contemplará 500 propriedades em um prazo de 24 meses, e começou com dois municípios: Cachoeiras de Macacu e Itaboraí. E  depois será estendido para os outros municípios do Conleste. Na próxima semana já serão mais cinco fazendas, em Itaboraí.

O Produtor Sustentável é um projeto da Rede de Inteligência Verde, sob coordenação da UFRJ, UFF e IME em parceria com o Conleste e as prefeituras.

Para o diretor-geral do Conleste, Hédio Mataruna, como aumentar a produtividade agrícola sem agredir o Meio Ambiente? Esse é um dos grandes desafios atualmente no mundo.

“Com esse projeto, o Conleste quer contribuir com as metas brasileiras de redução dos gases de efeito estufa e, principalmente, melhorar o desempenho técnico e econômico das propriedades. O Projeto Rural Sustentável está fundamentado na adoção, adequação e utilização de tecnologias agrícolas”, comentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *