Coronavírus: Conleste arrecada 13 mil litros de álcool 70%

A doação do álcool 70% foi feita pela Raízen e foi transportada pelas empresas Tracker Logística e Tranziran, gratuitamente.

Um dos principais objetivos do Conleste (Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento do Leste Fluminense) é traçar estratégias de atuação conjuntas que permitam a gestão e a superação de crises através da cooperação e da articulação. Na ação falada nessa matéria, o Conleste conseguiu uma grande doação de álcool 70% através do apoio de empresas privadas.

Considerando o atual cenário, o Conleste vem, desde o início da pandemia, apresentando propostas emergenciais aos municípios. Além disso, o consórcio vem buscando apoiadores para suas ações de enfrentamento do COVID-19 na Região Leste Fluminense.

Os dezesseis municípios que compõem o consórcio estão enfrentando desafios semelhantes. Atingindo, principalmente, a economia, a saúde e o desenvolvimento social regional.

A doação

Nesse ínterim, nesta quarta-feira (22/04), o Conleste recebeu a doação de 13 mil litros de álcool 70%. Esse produto possui ótima concentração para efeito bactericida. Sendo, dessa forma, muito utilizado para a higienização de hospitais.

A doação dos 52 tonéis de 250L de álcool 70% foi feita pela Raízen, empresa brasileira do setor de energia. A saber, a companhia atua em todas as etapas da cadeia produtiva do ramo de energia e realiza a distribuição de combustíveis por meio da licença da marca Shell.

O transporte do álcool 70% para o Conleste

Os 52 tonéis – que totalizam 13 mil litros de álcool 70% – estavam na sede da Raízen, na cidade de Piracicaba, em São Paulo. Dessa maneira, o Conleste contou com mais uma legítima parceria publico-privada para o transporte dessa carga.

Desse modo, as empresas Tracker Logística e Tranziran fizeram – de forma totalmente gratuita – o translado da carga de Piracicaba (SP) até a cidade de Itaboraí (RJ), onde fica localizada a sede do Conleste.

Além disso, a iniciativa também recebeu apoio institucional da Secretaria de Estado de Transportes – SETRANS e da Federação do Transporte de Cargas do Estado do Rio – FETRANSCARGA.

A divisão do álcool 70% para 13 hospitais municipais

As Secretarias de Saúde foram as responsáveis pelo transporte do material até o hospital municipal escolhido para receber a doação.

Confira a lista dos hospitais selecionados:

  1. Hospital São José Operário – Cabo Frio;
  2. Hospital Municipal Doutor Celso Martins – Cachoeiras de Macacu;
  3. Hospital Maria Ângela Simões Menezes – Casimiro de Abreu;
  4. Hospital Municipal José Rabello de Mello – Guapimirim;
  5. Hospital Municipal Desembargador Leal Júnior – Itaboraí;
  6. Hospital Municipal de Magé;
  7. Hospital Municipal Raul Sertã – Nova Friburgo;
  8. Secretaria Municipal de Saúde de Rio Bonito;
  9. Hospital Luiz Palmier – São Gonçalo;
  10. Hospital Municipal Nossa Senhora de Nazareth – Saquarema;
  11. Policlínica Doutor Agnaldo de Moraes – Silva Jardim;
  12. Policlínica Demerval Garcia de Freitas – Tanguá;
  13. Unidade de Pronto Atendimento (UPA) – Teresópolis.

Escassez de produtos hospitalares por conta da pandemia

Como resultado da pandemia de coronavírus, produtos usados em hospitais têm se tornada cada vez mais escassos. Um exemplo disso é o fenômeno da fabricação de máscaras caseiras, para garantir as máscaras cirúrgicas e os modelos N95/PFF2 aos profissionais da saúde.

Nesse sentido, o Conleste reforça a importância de parcerias legítimas como a relatada no texto. O comprometimento de empresas durante a pandemia, reforça sua responsabilidade social e auxilia o poder público no enfrentamento ao coronavírus.

O Diretor Geral do Conleste, João Leal, reforçou que a superação da crise do COVID-19 dependerá da união de todos. Por isso, é importante que não só as empresas, como também a sociedade civil, pensem no bem comum e façam doações de produtos e serviços.

Acompanhe as nossas redes sociais para saber mais sobre essa iniciativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *