Conleste realiza 1ª Assembleia Geral de 2020

Entrada de novos municípios no consórcio, eventos e novos projetos entraram na pauta da 1ª assembleia do ano.

Nesta sexta-feira (17/01), o Conleste realizou a 1ª Assembleia Geral do ano. O principal intuito da reunião foi apresentar o orçamento anual e o planejamento estratégico de 2020 do Consórcio aos representantes municipais.

Em síntese, o plano de trabalho do Conleste trouxe diversos projetos, tanto novos, quanto em andamento. O primeiro grande projeto a ser entregue em 2020 será a Agroleste, feira de agronegócios que será realizada em março, em Teresópolis/RJ.

Em seguida foram apresentados os outros eventos previstos para este ano. Além da feira de agronegócios, o Conleste realizará a Conlestech, focada no desenvolvimento tecnológico da região; a segunda edição da Ita Gas&Oil, ligada ao setor de gás, petróleo e energia; a Conlestur, para o fortalecimento do turismo local; e a Copa Conleste 2020, valorizando mais uma vez o trabalho entregue pelos servidores públicos da região através de uma confraternização.

Como de costume, o Conleste realizará os fóruns técnicos para discutir as pautas comuns ao municípios. Aliás, na reunião de hoje ficou decidido que o próximo fórum tratará da pasta da saúde e será realizado em fevereiro, no município de Tanguá/RJ.

Além dos eventos, outros projetos estão previstos para este ano. Por exemplo, a concepção de um centro de pesquisa e desenvolvimento para assuntos relacionados ao setor de gás e energia junto à Petrobras.

Outros projetos em destaque são, a República Consorciada, o Plano de Mobilidade Urbana para Itaboraí e São Gonçalo (previsto do TAC da Petrobras), o Parque Industrial Verde e o Porto Seco.

Dentre as demais pautas tratadas, destaca-se o ingresso do município de Cabo Frio no Consórcio. Para os presentes, Cabo Frio tem o mesmo perfil que os demais consorciados e possui os mesmo interesses estratégicos. A entrada oficial da cidade no Conleste, no entanto, dependerá da assinatura de termos e documentação entre os líderes municipais.

Outra importante pauta, foi a inclusão da saúde no objeto social do Conleste. Vale destacar que esse assunto já havia sido mencionado em uma assembleia geral anterior, a partir da proposta de compra compartilhada.

De acordo com o Diretor de Planejamento do Conleste, William Marins, a compra compartilhada tem o objetivo de gerar economia nos cofres públicos. “O consórcio, neste caso, fornece um amparo técnico frente aos entes consorciados, se responsabilizando por toda a parte burocrática e jurídica dos contratos, isentando os municípios destas ações”, disse o diretor.

Além do Prefeito de Itaboraí e Presidente do Conleste, Sadinoel Souza, participaram da reunião os Prefeitos Mauro Soares, de Cachoeiras de Macacu; José Luiz Nanci, de São Gonçalo; e Valber Marcelo, de Tanguá. Da mesma forma, estavam presentes os representantes dos municípios de Magé, Maricá, Rio Bonito, Silva Jardim e Teresópolis.

Para acompanhar o andamento de todos os projetos citados acima, siga as nossas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *