Conleste amplia os horizontes em Brasília

Nesta semana (06 e 07 de novembro) o Conleste esteve em Brasília para uma produtiva agenda. A saber, o objetivo principal da viagem era participar do Congresso Nacional dos Consórcios Públicos. No entanto, o Conleste aproveitou a viagem para levantar assuntos como AGROLESTE, Parque Industrial Verde e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU.

Na manhã de quarta-feira, o Diretor Geral do Conleste, João Leal, participou de uma sessão da Frente Parlamentar da Bioeconomia. Neste encontro, presidido pelo Deputado Federal Paulo Ganime, foi externado o imenso foi potencial que o Brasil possui para o setor agro.

Na ocasião, a AGROLESTE foi apresentada aos Parlamentares. De fato, o evento criado pelo Conleste convergiu com os objetivos do grupo. Isso porque, tem o intuito de potencializar o segundo vetor de desenvolvimento econômico da região, a agricultura.

Na parte da tarde, o Conleste participou do Congresso Nacional dos Consórcios Públicos. Vale ressaltar que o Diretor João Leal havia sido convidado a palestrar no encontro. Lá, ele falou sobre um dos pilares de sua gestão, a responsabilidade social empresarial.

Na quinta-feira, o Conleste esteve na base da ONU Brasil para tratar de dois principais assuntos: o credenciamento do Conleste como promotor dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e suas metas e a
participação da instituição na AGROLESTE.

Vale ressaltar que os funcionários do Conleste realizaram o curso
“Integrando a Agenda 2030 e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”, estruturado pelo PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) em parceria com a Petrobras. Este curso foi disponibilizado para funcionários públicos de locais onde a Petrobras possui algum tipo de atuação. O intuito da atividade é acelerar, no Brasil e no mundo, a conquista dos 17 ODS propostos pela Agenda 2030.

Conforme visto acima, a ODS 2 trata sobre Fome Zero e Agricultura Sustentável. Posto isso, o Conleste propôs a participação da ONU na AGROLESTE, evento que tem como objetivo promover, principalmente, a agricultura familiar regional.

De acordo com o portal da ONU, o Objetivo 2 propõe “acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável”. Confira aqui as metas relacionadas ao ODS 2.

Segundo o Diretor João Leal, a ONU se mostrou interessada em participar da AGROLESTE. No entanto, mais tratativas serão feitas entre as instituições para firmar esta parceria.

Na tarde de quinta-feira (7), o Conleste realizou uma visita ao Congresso Brasileiro de Gestores da Agropecuária, também com o intuito de promover a AGROLESTE e de fortalecer o debate do setor agro na Região Leste Fluminense.

Em sua última atividade em Brasília, o Conleste esteve no Ministério de Minas e Energia, em reunião com a Diretora Symone Araujo, para apresentar o Projeto “Parque Industrial Verde”. Essa concepção vislumbra ser um polo de suprimentos regional considerando os movimentos de retomada do COMPERJ, em específico, a Unidade de Processamento de Gás Natural (UPNG) e o Trem 1 (Refinaria).

Por fim, vale ressaltar que todas as atividades em Brasília tiveram o intuito de elevar o poder de articulação do Conleste e, assim, ampliar o desenvolvimento, em diversos setores, do Leste Fluminense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *