Hackatruck e Compra Compartilhada são pautas da Assembleia do Conleste

Conleste, Reunião

A reunião teve intuito de alinhar as expectativas até dezembro de 2019. Além de planejar iniciativas para o próximo ano.

Nesta sexta-feira (25/10), o Conleste realizou, em sua sede, a quinta Assembleia Geral de 2019. Na oportunidade, foram apresentados novos projetos como o HackaTruck MakerSpace e a Compra Compartilhada. Além do andamento dos projetos República Consorciada, Copa do Conleste e Agroleste.

O HackTruck MakerSpace

A saber, o HackaTruck é um projeto patrocinado pela IBM Brasil e Flex, em colaboração com a Apple, e executado pelo Instituto de Pesquisas Eldorado. A iniciativa tem foco no desenvolvimento iOS para aplicativos móveis com aplicação em Internet das Coisas (IoT).

Por isso, o Conleste tem realizado encontros com a IBM para tratar sobre a vinda do HackTruck à Região Leste Fluminense. No último encontro com a IBM, estava presente não só o Conleste, bem como as Secretarias de Ciência e Tecnologia dos Municípios de Nova Friburgo e Maricá.

Conforme exposto no site do projeto, “como um projeto dinâmico e itinerante numa verdadeira capacitação sobre rodas […] um espaço onde os alunos criam e desenvolvem protótipos relacionados aos temas estudados.”

A Compra Compartilhada

Em seguida, a Assembleia Geral contou com a apresentação do Diretor de Planejamento, Willian Marins, sobre o Projeto Compra Compartilhada. Também chamada de “licitação compartilhada”, a iniciativa tem como objetivo principal gerar economia nos cofres públicos.

Conforme afirmado pelo Diretor, “o consórcio, neste caso, fornece um amparo técnico frente aos entes consorciados, se responsabilizando por toda a parte burocrática e jurídica dos contratos, isentando os municípios destas ações.”

Dessa forma, a compra em maior volume resulta em um maior poder de negociação, conferindo aos municípios participantes o aumento na economicidade dos itens licitados.

Como resultado, espera-se a geração de economia e desburocratização na contratação. Além disso, a economia gerada através da compra consorciada poderá se transformar em um maior acesso e quantidade de medicamentos para atender a população.


Posteriormente, o Presidente do Conleste e Prefeito de Itaboraí solicitou que o projeto de Compra Compartilhada seja avaliado pelos demais municípios. Isso porque, acredita no sucesso desta ação intermunicipal.

Por fim, vale lembrar que a Assembleia Geral contou com a presença do Presidente do Conleste e Prefeito de Itaboraí, Sadinoel Souza e com representantes dos Municípios de Casimiro de Abreu, Maricá, Nova Friburgo e São Gonçalo. Além do Diretor Geral, João Leal e dos Diretores de Planejamento, Willian Marins e de Compliance, Sérgio Camargo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *