Conleste recebe principais EPCs da Petrobras no setor do gás

Circuito do Gás e Conleste

A reunião teve a presença do Consórcio GTR-3, da Kerui Metodo e da McDermott, responsáveis pelo “Circuito do Gás”.

Nesta segunda-feira (14/10), o Conleste recebeu os principais EPCs da Petrobras, responsáveis pela construção do “Circuito do Gás”. Ou seja, EPCs são um tipo de contratação pontual entre empresas que visa a entrega de grandes empreendimentos.

Antes de tudo, vale lembrar que essas EPCistas já realizaram outras parcerias com o Conleste. Ao passo que, assim como a Petrobras, participaram da I Ita Gas&Oil, em julho deste ano.

A saber, a chinesa Kerui Petroleum e a paulista Método Potencial são as empresas responsáveis pela construção da Unidade de Processamento de Gás Natural (UPGN) por meio do Consórcio Kerui Metodo. Já a americana McDermott, é responsável pela construção do trecho submarino (ultra raso) do Gasoduto Rota 3.

No encontro de ontem, as pautas foram sobre o fortalecimento da relação republicana entre as instituições. Ao passo que entre um ente público e a esfera privada perpassa a responsabilidade social. Diante desse panorama, vale ressaltar que o Diretor Geral do Conleste, João Leal, assumiu no último dia 04, a vice-presidência da Comissão de Responsabilidade Social das Empresas da OAB-RJ.

Outro assunto discutido na reunião foi sobre a escolha da mão de obra local nas grandes obras do Circuito do Gás. Conforme acordado anteriormente, 70% dos trabalhadores devem pertencer a região do Conleste. É fato que, assim como para a população, a contratação de mão de obra local é vantajosa para as companhias. Isso porque, dessa forma as empresas diminuem os gastos com hospedagem e transporte.

O Conleste segue acreditando na grandeza do Circuito do Gás e lutando pela qualificação da mão de obra local. Dentro deste tema, vale destacar outro grande projeto nosso, o Centro de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação da cadeia produtiva de Petróleo e Gás (CPD&I). Para saber mais sobre esse assunto, clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *