Secretarias Municipais de Esporte aceitam a Copa do Conleste

Secretários Municipais de Esporte no Conleste

A reunião de apresentação da Copa do Conleste contou com a presença do Presidente do Conleste e Prefeito de Itaboraí, Sadinoel Souza. Além de representantes de 13 Secretarias de Esporte dos Municípios que compõem o Consórcio. Tudo isso, a fim de reforçar a colaboração intermunicipal através do esporte.

Nesta segunda-feira (23/09), o Conleste reuniu as Secretarias Municipais de Esporte que compõem o Consórcio. O encontro foi realizado para apresentação da Copa do Conleste. Sobretudo, o objetivo é utilizar o esporte como vetor de união e integração em prol da região leste fluminense.

Assim, a Copa do Conleste será um torneio de futebol composto por servidores públicos dos 15 Municípios do Consórcio. Em outras palavras, o campeonato servirá para reforçar a colaboração intermunicipal. Dessa forma, auxiliando para o desenvolvimento e integração da região.

Apresentação da Copa do Conleste aos Secretários e Secretárias Municipais de Esporte.

Além disso, o torneio será composto por aproximadamente 16 times, todos do Conleste, entre competições femininas e masculinas. Do mesmo modo, o Governo do Estado do Rio de Janeiro também formará um time para participar do campeonato. Para os times das cidades, as Secretarias Municipais de Esporte serão as responsáveis pela organização das equipes.

Aliás, outro pauta de destaque é o local onde será realizada a Copa do Conleste: a Granja Comary, em Teresópolis/RJ. Certamente, uma das principais atrações do evento. Isso porque, é o local de concentração da seleção brasileira e centro de treinamento da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Em resumo, a Copa do Conleste irá reforçar a colaboração intermunicipal através do esporte. Além disso, o evento funcionará como uma confraternização de fim do ano. As Secretarias Municipais de Esporte serão os pontos de contato entre o Conleste e os Municípios para a organização do evento. No entanto, para viabilizar este campeonato, os municípios deverão buscar apoio de empresas parceiras que atuam na região.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *