Conleste participa de reunião sobre Estrada UHOS, para transporte de carga para obras da UPGN

Nesta terça-feira (10/09), o Conleste compareceu a uma reunião sobre o transporte de maquinários pela Estrada UHOS – que liga o píer da Praia da Beira, em São Gonçalo, ao COMPERJ, em Itaboraí – para as obras da Unidade de Processamento de Gás Natural – UPGN. Essa será o maior construção da Petrobras voltada ao setor do gás e entrará em funcionamento no ano de 2021.

O objetivo do encontro foi organizar um grupo de trabalho para que as atividades e ações necessárias da construção da UPGN possam ser distribuídas entre as instituições e as obras possam ser realizadas com êxito.

Neste encontro, o Governo do Estado foi representado pela Subsecretaria de Óleo, Gás e Energia, que ficará responsável pela condução do grupo de trabalho; pela Subsecretaria de Emprego e Renda, que irá fornecer atendimento para serviços de interesse do trabalhador, como emissão de documentos, acesso ao benefício de seguro desemprego, entre outros; e, por fim, pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, que irá fornecer um panorama de como estão as comunidades por onde passa a estrada UHOS.

Além desses, participaram da reunião a Petrobras e a Kerui-Método, responsáveis pela construção da UPGN; e o Grupo GTR3, responsável pela fase terrestre do Gasoduto Rota 3. No grupo de trabalho, essas empresas deverão informar aos demais sobre o andamento dos projetos, a atualização do cronograma e, no caso do Grupo GTR3, instruir sobre a passagem do gasoduto.

A cidade de Itaboraí, onde será instalada a UPGN, foi representada pelo Secretário Municipal de Desenvolvimento Social, Estevan Assis. “A retomada dos investimentos trará desenvolvimento, porém impactará diretamente o cotidiano da moradores dessas áreas”, disse o secretário. Dessa forma, a Secretaria será responsável por realizar ações comunitárias para diminuir os impactos. Para isso, criará políticas que terão como objetivo promover o desenvolvimento da população local.

Vale ainda, ressaltar a presença da Polícia Militar. A instituição será responsável pela inteligência e segurança da Estrada UHOS. Além disso, deverão realizar ações para êxito no transporte dos equipamentos até o COMPERJ. O apoio da Polícia é muito importante, isso porque, as obras do Grupo GTR3 já sofreram pressões por parte do tráfico local.

Considerando que Estrada UHOS perpassa por duas cidades do Conleste, o Consórcio ficará com a função de acompanhar as ações. Caso seja necessário, a instituição irá fornecer assistência e articulação entre os Municípios onde passa a estrada.

Portanto, a contribuição do Conleste será no sentido de que os materiais pesados cheguem ao COMPERJ de forma íntegra. Para o Diretor Geral do Conleste, esse alinhamento entre as instituições é de extrema importância. “A otimização dos procedimentos para conclusão das obras do UPGN ajudarão na chegada dos empregos, o mais breve possível. Dessa forma, auxiliaremos no regresso de algo que tanto necessitamos para oferecer a população”, disse João Leal.

“A otimização dos procedimentos para conclusão das obras do UPGN ajudarão na chegada dos empregos, o mais breve possível. Dessa forma, auxiliaremos no regresso de algo que tanto necessitamos para oferecer a população”, disse João Leal.

Vale lembrar que diversos alinhamentos ainda serão feitos entre o grupo de trabalho. Para saber mais sobre esse assunto, acompanhe as nossas publicações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *