PNUD e Petrobras apresentam curso de aceleração das metas da ONU para 2030 a Municípios do Conleste

Nesta quinta-feira (25) aconteceu, em Itaboraí, a apresentação oficial do Projeto Territorialização e Aceleração dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) realizado pelo Programa das Nações Unidas para Desenvolvimento (PNUD) em parceria com a Petrobras.

O PNUD é uma agência da rede global de desenvolvimento da Organização das Nações Unidas (ONU) – assim como a UNESCO e a UNICEF – e contribui para o crescimento inclusivo e sustentável do Desenvolvimento Humano através de parcerias com o Estado, a sociedade civil organizada e o setor privado.

_______________________________________

Entenda a Agenda 2030 e os ODS da ONU:

Em setembro de 2015, líderes mundiais reuniram-se na sede da ONU, em Nova York, e decidiram um plano de ação para que até o ano de 2030 as nações consigam erradicar a pobreza, proteger o planeta e garantir que as pessoas alcancem a paz e a prosperidade: a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, a qual contém o conjunto de 17 ODS.

Clique aqui para conhecer os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Para que nenhum país fique para trás no desenvolvimento da Agenda 2030, o PNUD vem desenvolvendo, desde 2017, sua cooperação em torno de cinco áreas-chave ou eixos: Pessoas, Planeta, Prosperidade, Paz e Parcerias.


Para saber mais sobre Programa de Cooperação do PNUD no Brasil, assista ao vídeo.

________________________________________

Em uma entrevista com a Gerente de Programas Sociais da Petrobras, a Sra. Marcela Souza Levigard, entendemos mais sobre o objetivo da parceria entre a Petrobras e o PNUD:

“Essa parceria que estamos fazendo com o PNUD está sendo desenvolvido em 116 municípios que ficam no entorno de operações da companhia. (…) A parceria com o PNUD é para integrar e acelerar o alcance dos ODS e, também, identificar as metas da Agenda 2030 com diagnósticos locais que respeitem a realidade desses locais onde atuamos.

(…). Entendemos que esse projeto fortalece o planejamento de políticas públicas para os municípios participantes do Conleste que estão no entorno do COMPERJ. Hoje, gostaria de ressaltar que esse projeto integra uma carteira de Projetos Socioambientais que atualmente é composta por 100 projetos em todo país. Aqui no entorno do COMPERJ, nós temos um volume significativo de projetos sendo desenvolvidos em diversos municípios: Itaboraí, Magé, São Gonçalo, Maricá, Cachoeiras de Macacu, entre outros. ”

O projeto da Petrobras e do PNUD, portanto, pretende atingir todas as regiões impactadas por construções da empresa. Por conta disso, oito municípios do Conleste (Araruama, Cachoeiras de Macacu, Itaboraí, Guapimirim, Magé, Maricá, Saquarema e São Gonçalo), selecionados pela própria Petrobras, serão contemplados com o programa de capacitação online “Integrando Agenda 2030 e ODS”. Este plano de aprendizado será direcionado a gestores municipais, representantes de organizações da sociedade civil e do setor privado, no intuito de que esses sejam replicadores das práticas aprendidas com o programa.

Gerente de Projetos da Área de Desenvolvimento Territorial do PNUD Giane Boselli em sua apresentação.

Quem apresentou o projeto para as autoridades presentes foi a Sra. Giane Boselli, Gerente de Projetos da Área de Desenvolvimento Territorial do PNUD, a qual é também a líder do Projeto Territorialização e Aceleração dos ODS. Conversando com a equipe do Conleste, afirmou:

“Eles [Petrobras] selecionaram cidades onde têm mais impacto da presença da empresa, seja positiva ou negativa.

O objetivo do projeto, tanto para essa região, quanto para todos os municípios, é provocar a territorialização e a aceleração dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Então iremos trabalhar com governos locais e sociedade civil organizada e setor privado para trabalhar com o que a gente chama formação cidadã e fortalecimento de capacidades.

(…) O nosso objetivo é que, principalmente a gestão municipal, passe a se planejar a partir dos 17 ODS e das 169 metas presentes neles (…). Queremos que os municípios e prefeituras conheçam os ODS e também passem a trabalhar com base nessas metas para que possam se desenvolver mais rapidamente. É uma forma de organizar o trabalho deles, de planejar melhor, pois passamos técnicas para acelerar o desenvolvimento. ”

Para representar o Município de Araruama, integrante do Conleste que também será contemplado com o projeto, esteve presente a Superintendente da Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura, Abastecimento e Pesca de Araruama, Sra. Ana Paula Rodrigues. Ao conversar com ela, perguntamos sobre os desafios de implementar o projeto na cidade:


Superintendente da Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura, Abastecimento e Pesca de Araruama, Sra. Ana Paula Rodrigues.

“Nós já tivemos experiências de alguns projetos relacionados a empresa Petrobras em Araruama e um dos maiores desafios que posso destacar é a mobilização social. Temos que trabalhar muito ainda a participação e a atuação da sociedade para qualquer meta ou objetivo que queremos alcançar. Temos que encontrar uma forma de trazer a população para perto, para junto dos projetos e dos programas. ”

A Secretária Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo de Itaboraí, Sra. Paloma Martins, também nos concedeu uma entrevista sobre a implementação do projeto no Município:

“É bastante importante que esse projeto seja realizado aqui no nosso Município. Até porque, nós sofremos muito com a implantação do COMPERJ e da Petrobras.

Estamos passando por esse novo momento de reativação aqui no Município e é importante que comecemos a pensar de maneira integrada tanto a parte ambiental quanto a parte de cidades inteligentes e desenvolvimento de cidades ”  

A Secretária afirmou ainda que acredita no potencial do projeto para alavancar o Município como um todo, já que os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU não são ligados somente à parte ambiental, como também ao desenvolvimento humano e à economia das cidades.

O Conleste organizou este evento e será o facilitador para o contato entre o PNUD e os Municípios do Consórcio escolhidos pela Petrobras. A nossa equipe continuará trabalhando em conjunto com esses órgãos para garantir a realização desse projeto que trará desenvolvimento sustentável para a nossa região. Assim como diz o PNUD, vamos garantir que “ninguém fique para trás”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *