Fórum de Agricultura reúne 11 secretários de Municípios do Conleste e representantes do Governo do Estado

Secretários Municipais de Agricultura e Diretor Geral do Conleste no Fórum de Agricultura, no Colégio Adventista da Cidade de Itaboraí.

Nesta quarta-feira (03), o Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento da Região Leste Fluminense (Conleste) reuniu, no auditório do Colégio Adventista da Cidade de Itaboraí, diversas Autoridades Municipais e Estaduais para discutir pautas sobre a agricultura da região e do Estado do Rio de Janeiro.

Para compor a mesa do evento, tivemos a presença do Diretor Geral do Conleste, João Leal; e do Secretário Municipal de Agricultura de Itaboraí, Renato Machado. Além desses, estiveram presentes, representando o Governo do Estado, o Assessor do Gabinete da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego e Renda (SEDEGER), Thiago Santana; o Subsecretário de Infraestrutura e Ambiente Negocial, Celso Marcon; o Subsecretário de Agricultura, Ramon de Paula Neves; e o Superintendente de Indústria e Agronegócio, Felipe Cáceres.

Mesa da Fórum de Agricultura composta por Autoridades Municipais e Estaduais.

Na plateia, representando e integrando as suas respectivas cidades de atuação, estiveram presentes os Secretários Municipais de Agricultura de Casimiro de Abreu, Cachoeiras de Macacu, Magé, Maricá, Nova Friburgo, Rio Bonito, São Gonçalo, Silva Jardim, Tanguá e Teresópolis.

As principais pautas discutidas no encontro foram a Agricultura Familiar, a Agricultura Urbana e Periurbana, a necessidade da modernização tecnológica na Agricultura e as ações de investimento do Banco do Brasil para o agronegócio por meio do Plano Safra 2018/2019.

A agricultura familiar é de extrema importância para a região Leste Fluminense e faz parte do Projeto Agricultura Solidária, criado pelo Conleste, e apresentado pelo Diretor Geral João Leal, neste evento.

O projeto foi Inspirado na Lei nº 11.947, de 16 de junho de 2009, que determina que no mínimo 30% do valor repassado aos Estados, Municípios e Distrito Federal pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) deve ser utilizado obrigatoriamente na compra de gêneros alimentícios provenientes da agricultura familiar.

O principal objetivo do Projeto Agricultura Solidária é conectar a agricultura familiar dos municípios do Conleste com a alimentação escolar, através de iniciativas de compras públicas sustentáveis que dinamizam a economia local e garantem o fornecimento de uma alimentação mais saudável e adequada.

Além disso, o Projeto pretende criar mecanismo de gestão para a compra direta do agricultor familiar cadastrado com dispensa de licitação, para facilitar democratização e descentralização das comprar públicas.

O Subsecretário de Agricultura do Governo do Estado, Ramon de Paula Neves, afirmou em seu discurso que existe uma demanda expressiva de consumo da produção agrícola na região do Conleste, assim como em todo o Estado. Disse ainda, que a meta do atual Governo Estadual é fazer com que a Agricultura do Estado do Rio de Janeiro chegue a 10% do PIB.

O evento foi rico em troca de informações e experiências entre as autoridades presentes. A Diretoria de Planejamento e Projetos do Conleste, conduzida pelo William Marins, está mapeando a produção e as especificidades de cada município do Consórcio para facilitar o aquecimento da economia local através da venda intermunicipal dos diferentes alimentos produzidos pelos agricultores. Afinal, como afirmou o Subsecretário de Infraestrutura e Ambiente Negocial, Celson Marcon, em seu discurso, “não existe outro caminho senão a sociedade organizada”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *